Senadora é a primeira mulher a amamentar a filha no Parlamento australiano

A senadora australiana Larissa Waters usou sua página no Twitter, nesta terça-feira (09/05), para celebrar uma importante conquista; ela é a primeira mulher a amamentar a filha no Parlamento.

Em uma foto postada em sua página na rede social, Larissa aparece sorridente, amamentando a pequena Ali Joy, de 2 meses, durante uma sessão de votação.

Junto com o registro, Larissa escreveu:

“Muito orgulhosa que minha filha Alia seja a primeira bebê a ser amamentada no Parlamento federal! Nós precisamos de mais mulheres, mais pais e mães aqui”, comentou.

A foto e o feito só foram possíveis após a aprovação de uma lei no ano passado, que tornou legal as mulheres e homens membros da câmara a amamentarem e cuidarem de seus filhos pequenos nos recintos políticos.

Na rede social, muita gente celebrou a mudança positiva na câmara federal australiana, mas houve que comentasse dizendo que o Parlamento não é lugar para se levar crianças ou amamentar.

E no Brasil? Pode?

O CENAPOP entrou em contato com a assessoria de imprensa do Senado Federal brasileiro para saber quais são as regras por aqui, e foi informado de que alguns senadores já levaram seus filhos em sessões mais tranquilas, mas que desconhece casos de senadoras que tenham amamentado no plenário.

“Embora não haja regras específicas, algun(ma)s senadore(a)s já levaram seus filhos ao plenário em sessões mais tranquilas. No entanto, não houve episódios de amamentação, já que são raros os casos de senadoras parturientes durante o mandato”, respondeu o porta-voz.

Qual a sua opinião sobre o assunto? Deixe seu comentário abaixo.

Larissa Waters é a primeira mulher a amamentar a filha no Parlamento australiano – Foto: Reprodução/ Twitter

Larissa Waters é a primeira mulher a amamentar a filha no Parlamento australiano – Foto: Reprodução/ Twitter

Larissa Waters é a primeira mulher a amamentar a filha no Parlamento australiano – Foto: Reprodução/ Twitter